https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/detran-de-mato-grosso-e1508254412194.jpg

A PARTIR DESTA SEGUNDA

Servidores do Detran de Mato Grosso entram em greve por tempo indeterminado

Divulgação Detran ‘quebra’ contrato com terceirizada e economiza R$ 14 milhões. Foto: Assessoria

Detran ‘quebra’ contrato com terceirizada e economiza R$ 14 milhões. Foto: Assessoria

Começou nesta segunda-feira (26), a greve dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

A paralisação atinge 63 Ciretrans, 8 Agências Vips espalhadas por todo Estado, além da sede em Cuiabá.

Esses locais estão com apenas 30% do funcionamento efetivo.

Segundo o sindicato da categoria, o Sinetran, a greve se dá por acúmulo de serviço, que atualmente, menos de 40% do total de servidores do Detran estão na ativa, o que culmina no atendimento de má qualidade ofertado ao público, de forma geral.

Além da nomeação dos aprovados, também estão na pauta de reivindicações dos servidores a implementação da política de saúde e segurança do trabalhador; implementação do Programa de Formação e Qualificação para o Sistema Nacional de Trânsito e Publicação do Manual de Procedimentos da autarquia; segurança nas unidades do Detran-MT, devido à elevação no número de ocorrências de furtos principalmente nos pátios de apreensão do interior do Estado, que estão totalmente descobertos de medidas de segurança; estrutura nas unidades, devido ao sucateamento e à precarização das condições de trabalho e de atendimento; Cumprimento do banco de horas e segurança no sistema de controle de ponto.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *