https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Marco_Marrafon.jpg

CPI OUVE SECRETÁRIO DE PLANEJAMENTO

Marco Marrafon presta depoimento nesta terça-feira em CPI da Assembleia Legislativa de MT

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga as Organizações Sociais de Saúde (OSS), em Mato Grosso retoma a partir desta terça-feira (27), os trabalhos de oitivas.

O próximo a prestar informações é o secretário de Estado de Planejamento, Marco Aurélio Marrafon.

A oitiva está marcada para as 10 horas, na Sala das Comissões (202), na Assembleia Legislativa.

Dentre as pautas, o Relatório Gerencial de Avaliação dos Contratos Firmados com as OSS, apresentado pela Auditoria Geral do Estado.

O secretário também falará sobre o edital para a implantação do novo modelo de gestão da saúde, o Consórcio Intermunicipal do Teles Pires.

Vale ressaltar, que a CPI das OSS estava em fase de investigação in loco nos hospitais do interior; portanto, as atividades de oitivas estavam paralisadas até que se juntassem mais provas.

Documentos e depoimentos foram coletados pela equipe técnica ao longo desses dois meses de investigação in loco nas unidades hospitalares, gerenciadas pelas Organizações de Saúde.

Agora, os deputados membros da Comissão estão munidos de informações para dar sequência as oitivas.

A CPI das OSS é composta pelos deputados; Dr. Leonardo (presidente), Pedro Satélite (vice), Emanuel Pinheiro (relator) e Saturnino Masson (membro).

RETROSPECTIVA DAS OITIVAS

Marrafon será a oitava pessoa a ser ouvida pela Comissão.

Já prestaram esclarecimentos, as servidoras da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e membros da Comissão Permanente de Contratos de Gestão, Eterna Mariza Montalvão e Gleids Duarte Martins de Souza; o ex-secretário adjunto de Administração Sistêmica da SES, Marcos Rogério Lima; o ex-secretário de Estado de Saúde, Vander Fernandes; a professora doutora em OSS, Salli Baggenstoss; membros do Conselho Estadual de Saúde, a secretária-geral de Controle Externo do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Maria Aparecida Rodrigues de Oliveira e o ex-secretário da SES, Pedro Henry – responsável pela implantação deste modelo de gestão no estado.

Foto: Divulgação

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *