https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/pinheiro-e-wilson.jpg

PINHEIRO E SANTOS TRAVAM DEBATE

Republicano acusa governo de contratar empresa ilegalmente; tucano rebate

Os deputados estaduais Emanuel Pinheiro (PR) e Wilson Santos (PSDB) travaram um debate acalorado na noite desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa.

O foco da discussão: a contratação da empresa KPMG para fazer auditoria nas obras do VLT.

A empresa e o Governo assinam nesta quinta-feira (29) o contrato, que deve durar em torno de 120 dias.

A empresa foi contratada por meio de dispensa de licitação por mais de R$ 3 milhões.

A KPMG deve fazer um relatório minucioso que deve apontar se vai ser viável ou não a conclusão do VLT pelo governo Pedro Taques (PSDB).

Emanuel Pinheiro questiona a contratante, já que ela não teria capacidade técnica para fazer o trabalho, além de acusar o Estado de fazer a licitação cheia de erros.

Segundo Pinheiro, a ideia da contratação da KPMG é para decretar o enterro do VLT, já que segundo o parlamentar, desde que tomou posse no Governo, Pedro Taques não teria interesse em concluir essa obra.

Por outro lado, o deputado Wilson Santos defendeu e disse que a contratação foi feita de forma transparente e sem erros.

Ele também pontuou que o governo Pedro Taques não dá prosseguimento em obras que está sob suspeita de irregularidades.

Foto: Divulgação

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *