https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/11/blogueirinha.jpg

DE SAPEZAL

Aos dois anos, minifashionista de MT faz sucesso nas redes sociais

Aos dois anos, minifashionista de Mato Grosso faz sucesso nas redes sociais. Foto: Reprodução

Em meio às grandes blogueiras que atualmente dominam a publicidade no mundo da moda, a  pequena Alice Albuquerque, se destaca no mercado infantil.

Aos dois anos, a minifashionista, que mora no município de Sapezal (473 km de Cuiabá) acumula mais de 30 mil seguidores. O perfil é administrado pela mãe, Aline Albuquerque.

Aos dois anos, minifashionista de Mato Grosso faz sucesso nas redes sociais. Foto: Reprodução

Aos dois anos, minifashionista de Mato Grosso faz sucesso nas redes sociais. Foto: Reprodução

Ao MidiaNews, ela contou que a ideia de transformar Alice em um “it-girl” – termo usado para definir meninas que ditam tendências de moda – surgiu assim que ela nasceu.

“Antes eu postava as fotos dela no meu perfil, mas vi que elas sempre tinham mais curtidas. A partir daí, resolvi criar uma conta só pra ela, e de um tempo para cá, começou a  deslanchar e hoje, ela já tem até fã clube”, explica a mãe.

Ainda segundo a mãe, a maior parte dos seguidores começaram a acompanhar o perfil depois que ela teve a ideia de postar fotos com o tema “A inspiração da Alice”.

Nas fotos, ela aparece ‘imitando’ roupas de atrizes e de suas personagens nas novelas.

“Os fãs de algumas famosas chegam a pedir que a Alice tire foto em que as imite”, afirmou a mãe.

Aline enfatizou que não recebe nenhum dinheiro pelas publicações nas redes sociais.

As roupas usadas nas fotos são fruto de parceria com marcas que enviam os modelos em troca da divulgação.

“Só fazemos permuta. As lojas mandam as peças, e nós postamos e marcamos as lojas. Se começar a cobrar, vira obrigação, a gente passa a ter prazos, e eu não quero isso para ela, porque ela não tem essa obrigação”, disse.

A mãe da menina afirmou que tudo não passe de brincadeira para a filha.

 “Nunca é algo forçado, tudo é diversão para ela. Fazemos porque ela gosta de verdade”, disse.

Para Aline, se a filha quiser se tornar uma blogueira da moda no futuro, será apenas uma consequência e não uma obrigação.

“Vou continuar tirando as fotos e postando enquanto ela ainda estiver gostando, depois, ela irá decidir sua profissão”, pontuou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *