https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/detran-de-mato-grosso-e1508254412194.jpg

DETRAN/MT

Servidores decidem suspender greve até dia 17 para negociação no TJ

Divulgação Detran ‘quebra’ contrato com terceirizada e economiza R$ 14 milhões. Foto: Assessoria

Detran ‘quebra’ contrato com terceirizada e economiza R$ 14 milhões. Foto: Assessoria

Em assembléia nesta quinta-feira (12), os servidores do Detran decidiram que irão suspender a greve até o dia 17 de novembro, quando já está confirmada a segunda audiência no Núcleo de Conciliação do Tribunal de Justiça com o Governo do Estado.

“Caso a negociação não seja efetiva no dia 17, vamos retomar a greve.”, explica Daiane Renner, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran).

Na audiência ocorrida no dia 11 de novembro o Governo disse que só irá abrir as negociações após a suspensão da greve.

“O Governo utiliza a greve como justificativa para não negociar, então suspendemos a greve para a reunião da próxima terça-feira. Agora essa reunião tem que por um fim definitivo a todo o impasse, com o atendimento da pauta de reivindicações, caso contrário a greve será retomada a partir do dia 19.”, comenta Daiane.

Os servidores estão em greve desde o dia 26 de outubro e já flexibilizaram a proposta inicial de chamar 100% dos aprovados em 2015, propondo a nomeação de 70% dos aprovados neste ano e o restante até junho do ano que vem.

O Detran hoje trabalha com uma defasagem de 70% no quadro de pessoal e a previsão é de que haja mais de cem aposentadorias até o próximo ano.

“Ao contrário do que o Governo quer passar na mídia, a população é a maior prejudicada com a situação em que o Detran se encontra, já que enfrenta longas filas de espera quando busca atendimento, por falta de servidores para atender. Além dos problemas de infra estrutura e falta de segurança. Tudo atinge a população, quando procura o atendimento, arcando com taxas que estão entre as mais altas do país, e não encontra servidores em número suficiente para atender com agilidade, não encontra cadeira para sentar, nem um ambiente climatizado ou sequer um copo descartável para tomar água ou um banheiro para utilizar”,  afirma Daiane.

A próxima audiência no núcleo de conciliação do TJ será no dia 17 de novembro a partir das 15h.

Os servidores retomam os serviços a partir desta sexta-feiran(13) em todo Mato Grosso. Caso as negociações não avancem a greve será retomada.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *