https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/cpi-dos-incentivos-fiscais.jpg

ELEIÇÕES 2016

Paulinho da Força quer Zé Carlos do Pátio como prefeito de Rondonópolis

Assessoria

Zé Carlos do Pátio é escolhido como relator do Plano Plurianual. Foto: Assessoria

Dentro da proposta de fortalecer e estruturar o Partido Solidariedade em todo o país de olho nas eleições de 2016, o presidente nacional da sigla, deputado federal Paulinho da Força, visitou Rondonópolis nesta semana.

Além de tecer elogios ao município comandado por Percival Muniz (PPS), que segundo ele, é hoje um dos mais importantes do Brasil, afirmou que a sigla terá candidato a prefeito e defendeu o nome do deputado estadual José Carlos Junqueira de Araújo, o Zé do Pátio, para a função.

Pátio já ocupou o cargo de prefeito de Rondonópolis, mas teve o mandato cassado em 2012 sob acusação de arrecadação e gasto ilícito de recursos em campanha eleitoral, patrocinando 2,8 mil camisetas a eleitores, procedimento vedado pela legislação eleitoral. Depois de 3 anos sem mandato, ele obteve, em agosto deste ano, uma vitória no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anulando a cassação de seu mandato.

Agora, Pátio não esconde a empolgação diante da possibilidade de vir a disputar novamente o comando da 3ª maior cidade mato-grossense em termos populacionais e a 2ª mais importante no quesito econômico perdendo apenas para Cuiabá. Paulinho da Força enfatizou que não abre mão de ter o parlamentar como candidato pelo Solidariedade.

“Nossa disposição é que o Zé do Pátio seja candidato a prefeito porque ele é daqui, tem todo um trabalho no Estado, é um dos melhores deputados do Estado. Acho que Rondonópolis pela importância que tem no Brasil inteiro, pra nós do Solidariedade seria o prefeito mais importante nosso e por isso o partido tem feito todo um esforço para que seja o nosso candidato a prefeito em Rondonópolis”, enalteceu o presidente nacional da sigla.

“Rondonópolis é uma das cidades mais importantes do Brasil e o prefeito daqui sendo de um partido novo como o nosso, pra nós seria uma das coisas mais importantes do partido. Então, a ideia que a gente tem é fazer todo um esforço para o Zé do Pátio ser candidato e a gente possa ter um prefeito de uma cidade importante do Brasil”, destacou Paulinho da Força.

Por sua vez, José do Pátio não confirmou e nem descartou a possibilidade de deixar a Assembleia para disputar a prefeitura de Rondonópolis. “Vou colocar nas mãos de Deus. Só Deus que vai decidir isso e o povo de Mato Grosso e de Rondonópolis. Existe um movimento muito forte no Estado para que eu mantenha como deputado para organizar o partido no Estado. Existe também um movimento forte para que a gente volte a ser prefeito de Rondonópolis. Eu não sei qual e o caminho”, respondeu o deputado quando questionado sobre o assunto. “A decisão passa pela Executiva Nacional e Estadual”, argumentou.

Estruturação do SD

A visita a Rondonópolis Paulinho da Força faz parte de uma agenda de compromissos em percorrer todo o Brasil para organizar o partido criado há cerca de 2 anos e 2 meses. “Estamos fazendo todo um esforço pra organização e a vinda aqui faz parte desse compromisso de organizar o país pra 2016”, disse o deputado federal ao explicar que atualmente a sigla tem uma média de 50 prefeitos no país. Segundo Paulinho da Força, a meta é conquistar pelo menos 200 prefeituras nas eleições do ano que vem, mas priorizando as cidades consideradas importantes. “E Rondonópolis está inserida nesse contexto”.

A ideia, segundo ele, é lançar candidatos a prefeito em várias cidades do Brasil e nos locais onde o partido não tem força para ter candidato a meta é fazer composição.

“O plano pra 2016 é eleger o máximo possível de vereadores e prefeitos compondo com os partidos da oposição que temos uma boa relação no país inteiro pra gente ir pra 2018 em outra condição”, acrescenta. No Estado, o SD possui mais de 120 lideranças entre vereadores e prefeitos.

Zé do Pátio lembrou que o Solidariedade está entre os 10 maiores partidos do país e segue com as ações de estruturação. Em Mato Grosso, a sigla está chegando no 100º diretório e comissão provisória.

“Eu acredito que até março chegaremos nos 141 municípios de Mato Grosso. Em Rondonópolis estamos chegando a 1,5 mil filiados. Acredito que já está entre os 2 maiores partidos do Município”, disse o deputado.

O ato foi realizado na Câmara de Vereadores de Rondonópolis e reuniu cerca de 600 pessoas. O vice-prefeito, Rogério Salles (PSDB) e o deputado Estadual Wilson Santos (PSDB) também participaram do evento.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *