SUSPEITA DE INFIDELIDADE

Após festa de filiação no PMDB, PR pode cassar mandato de Blairo Maggi

A filiação do senador Blairo Maggi no PMDB subiu no telhado, pelo menos momentaneamente. BM já conversou com o senador Wellington Fagundes (PR), para que o PR não dê encaminhamento ao processo de desfiliação.

O motivo é que há uma dúvida na interpretação da lei eleitoral.

O problema é que, após Maggi ter consultado o STF sobre a mudança de partido, houve uma alteração na lei eleitoral, no último dia 29 de agosto.

Alguns especialistas em direito eleitoral acreditam que esta alteração aprovada pelo Congresso coloca em dúvida se os cargos majoritários são da legenda ou da pessoa.

Para não correr risco, Maggi não deu sequência ao processo de filiação no PMDB e já pediu uma nova consulta no TSE e STF.

Por via das dúvidas, o Senado deve promover uma mudança na legislação, já na próxima semana. A informação é do Diário de Cuiabá

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *