https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Policia_civil-e1490622227905.jpg

OPERAÇÃO KARCHARIAS

Mais de 150 pessoas são indiciadas em Mato Grosso em inquéritos da Delegacia Fazendária

Divulgação

A Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra Administração Pública (Defaz), da Polícia Judiciária Civil, deflagrou neste ano dez operações que levaram à prisão 62 pessoas.

A Defaz também concluiu 140 inquéritos, sendo a maioria da operação “Karcharias”, lançada em maio pela Segurança Pública para conclusão de 200 investigações conduzidas pela unidade e também no interior do Estado relacionadas a crimes de corrupção, tributários e contra a administração.

As ações da Defaz, realizadas entre os meses de janeiro a novembro, culminou no indiciamento de 157 pessoas investigadas em crimes de fraude em licitações cometidos por prefeituras, sonegação fiscal, corrupção ativa e passiva, concussão, peculato, falsificação de documentos públicos e privados, inserção de dados falsos no sistema de informações, supressão de documentos públicos, falso testemunho, associação criminosa, entre outros.

“Essa delegacia sempre desenvolveu trabalhos muito importantes tanto para Segurança Pública quanto para sociedade mato-grossense civil. Vejo a delegacia com muita expectativa, com muita vontade de fazer a diferença e vontade de atender esse anseio da sociedade que é combater o crime de colarinho branco. A gente espera é ter condições de aperfeiçoar, de qualificar nossos profissionais, de melhorar nosso recurso humano e ter melhores instalações físicas para que possamos efetivamente prestar esse serviço”, destacou a delegada Cleibe Aparecida de Paula, titular da Defaz, que comanda a unidade com apoio de mais quatro delegados, 22 investigadores, 11 escrivães e 10 digitadores.

Pela Defaz tramitam mais de 400 inquéritos, sendo 250 considerados prioritários.

Conforme a delegada Cleibe houve um esforço de toda a equipe para alcançar a meta da operação Karcharias que era concluir 100 inquéritos. “Conseguimos ultrapassar essa meta e chegar a 135 inquéritos concluídos”, afirmou.

A operação Karcharias foi lançada com objetivo de concluir 100 inquéritos em trâmite na Delegacia Fazendária e 100 nas delegacias do interior. As unidades finalizaram a operação com 229 inquéritos, sendo 135 pela Fazendária e 94 nas delegacias do  interior de Mato Grosso.

Dentro da “Karcharias”, a Delegacia Fazendária deflagrou  sete operações, sendo elas: a Operação Protocolo (corrupção ligada a processos no Intermat); Revelatio (fraudes contra as finanças públicas e licitação em concurso público  da prefeitura de Planalto da Serra); Pula Pula (esquema para agilizar transferência de veículos no Detran); Leverger para Todos          ( fraudes no pagamento a prestadores de serviços);  Certificado (uso de documento falso e falsificação de documento para exercício ilegal de odontologia); Sodoma (irregularidades na concessão de incentivos fiscais do Prodeic), BB Pag II (desvio de dinheiro da conta única do Estado), e Tredo (fraudes no Sistema de Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores da Sefaz.

Todas as investigações tiveram como alvos servidores e ex-servidores públicos, empresas e pessoas que cometeram alguma fraude para obter vantagens e por desvio de dinheiro do Estado.

As operações contam com apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública parcerias da Controladoria Geral do Estado, Ministério Público e Poder Judiciário.

“Esperamos ter novos profissionais, para que possamos debruçar nas investigações e assim termos resultados maiores nessa delegacia em 2016”, concluiu a delegada Cleibe Aparecida de Paula.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *