https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/JULIER.jpg

ELEIÇÕES 2016

Em Brasília, ex-juiz Julier filia ao PDT para concorrer contra Mauro Mendes

O ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva se filia hoje em Brasília na sede nacional do PDT com a garantia da Executiva Nacional de poder disputar as eleições municipais em Cuiabá no ano que vem o que torna mais instável um provável resultado que tende a favorecer o prefeito Mauro Mendes (PSB) que até o momento não tinha adversário.

Por ser um nome novo na política partidária, a candidatura de Julier Sebastião da Silva é uma incógnita que poderá render bons frutos, ainda mais diante do cansaço da população em relação à classe política e seus sucessivos escândalos.

O evento da filiação acontecerá na presença do presidente nacional do PDT, Carlos Luppi, do ex-ministro Manoel Dias, do presidenciável, Ciro Gomes com quem Julier se reuniu quando esteve em Cuiabá recentemente e será acompanhado pelo presidente do Diretório Municipal do PDT na capital mato-grossense, José Augusto Curvo, mais conhecido como Tampinha.

Julier Sebastião da Silva teria comunicado aos presidentes dos Diretórios do PMDB, Regional de Mato Grosso, deputado Carlos Bezerra e municipal, Clóvis Cardoso, sua desfiliação da sigla peemedebista.

Além da filiação ao PDT hoje, está sendo preparado um ato em Cuiabá para reafirmar sua disposição em participar das eleições de 2016 e abrir conversações com outros partidos que tendem em caminhar juntos.

No encontro em Cuiabá, há 15 dias, Julier Sebastião da Silva, foi avalizado pelas principais lideranças do PDT nacional, regional e municipal de que não lhe faltará apoio partidário para sua empreitada, justamente o que faltou para ele quando tentou disputar as eleições de 2014 para o governo do Estado, quando o PMDB, acabou optando por acompanhar a candidatura ao governo do Estado do petista, Lúdio Cabral.

Uma eventual candidatura de Julier acaba pressionando o governador Pedro Taques (PSDB), líder maior do PSDB que tem compromisso com a candidatura da reeleição do prefeito Mauro Mendes (PSB), mesmo este compromisso não sendo compartilhado pela maioria tucana.

Mesmo assegurando que não guarda mágoas, Julier Sebastião da Silva, deixou uma carreira na magistratura federal para ingressar no mundo político eleitoral, mas não conseguiu até o momento disputar uma eleição para saber qual será a interpretação que a população fará de sua pretensão eleitoral.

O presidente do PDT em Mato Grosso, deputado Zeca Viana, reafirmou por mais de uma vez que o partido está saindo ainda maior do processo defenestrado pelo governador Pedro Taques que preferiu deixar a sigla ao em vez de honrar os compromissos assumidos na campanha eleitoral em nome do PDT.

“O PDT vai disputar as eleições, vai crescer e demonstrar que tem condições de se manter coerente e firme ao discurso da transparência e da moralidade”, disse Zeca Viana cutucando os principais argumentos do então candidato hoje governador de Mato Grosso, Pedro Taques que preferiu trocar de partido renegando os compromissos que foram feitos em nome do partido na última campanha eleitoral.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *