https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/Policia_civil-e1490622227905.jpg

MORTE EM VÁRZEA GRANDE

Polícia prende autor de latrocínio e está em busca de mais dois homens que participaram do crime

Divulgação

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos prendeu nesta terça-feira (8), Wesley Dias dos Reis.

Ele é acusado de ser o autor do latrocínio (roubo seguido de morte) do agente de pátio da Escola Estadual Ubaldo Ribeiro, Nereu Salvador de Lima, de 63 anos, no dia 28 de outubro, no bairro Construmat, região do Cristo Rei, em Várzea Grande.

Picolé, como é conhecido, é integrante de uma quadrilha especializada em roubos de veículos e foi identificado nas investigações da Delegacia.

O suspeito teve o mandado de prisão temporária (30 dias), expedido pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande por latrocínio. Ele possui várias passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas.

O CRIME

Na ocasião, Wesley e um adolescente de 17 anos, na intenção de praticar o roubo, escolheram a vítima que estava na porta de casa com o seu veículo.

Ao ser abordado pelos assaltantes, a vítima reagiu ao roubo e entrou em luta corporal com os suspeitos.

Em seguida, um tiro foi disparado, atingindo o tórax da vítima que não resistiu ao ferimento e morreu no local.

Logo após a ação os criminosos fugiram. O filho e a nora da vítima que estavam na casa presenciaram toda a ação criminosa.

Na delegacia, Wesley não quis gravar entrevista. Segundo o delegado Rodrigo Azem Buchdidi, o acusado disse que não seria o autor dos disparos.

“Ele nega que tenha atirado contra a vítima, mas em uma das imagens feitas por câmeras de segurança de um posto próximo do local onde aconteceu o assalto, Wesley aparece segurando a arma. Não temos dúvida de que ele é o autor do latrocínio”, comentou.

Durante a fuga, Wesley e o menor, foram até um posto de combustível e abordaram outra vítima em um veículo, Corsa Classic. O carro foi roubado e abandonado pelos suspeitos, logo após concretizarem a fuga.

Durante trabalho investigativo, os policiais da Derf-VG conseguiram identificar os envolvidos e diante dos indícios de autoria, o delegado Rodrigo Azem Buchdidi representou pelo pedido de prisão temporária do suspeito, deferido pela Justiça.

Com a ordem judicial em mãos, os policiais civis realizaram diligências localizando o criminoso em uma residência no bairro Cohab Tarumã, em Várzea Grande, onde ele foi preso.

As investigações continuam para apreender o infrator integrante da quadrilha e identificar uma terceira pessoa que utilizou outro veículo para dar apoio a ação criminosa.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *