MANOBRA BAIXA

Vereadores de Cuiabá esperam ser convocados por Mendes para votar planta genérica

Um vereador de Cuiabá confidenciou à coluna que a maioria de seus pares concordou em “deixar para depois” a votação da nova Planta de ValoresGenéricos de Cuiabá, que serve de base para a cobrança de impostos como IPTU e ITBI.

Como os vereadores já vão entrar em recesso – e a nova Planta precisa ser votada ainda este ano para que possa ser colocada em prática no ano que vem -, a votação teria que ser feita através de convocação extraordinária,pela qual os vereadores esperariam receber algum tipo de “contrapartida” do Executivo.

A “manobra”, que teria a anuência de setores do Alencastro, foi pensada depois que os vereadores tiveram que abrir mão de uma verba indenizatóriaextra de R$ 5,2 mil, devido à repercussão negativa do caso.

Um fato não se pode negar: pelo menos três das últimas sessões, nas quais 10 mensagens do Executivo deveriam ser apreciadas, foram propositadamente esvaziadas pelos nobres parlamentares e encerradas, por falta de quórum. Da coluna Fogo Amigo, do Midianews

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *