OPERAÇÃO JOÃO DE BARRO

Autor da denúncia, Júlio Pinheiro diz que dinheiro de programa foi para bolso de João Emanuel

O presidente da Câmara de Cuiabá Júlio Pinheiro (PTB) é o autor da denúncia que resultou na Operação João de Barro, deflagrada na manhã desta quinta (17) pela Delegacia Fazendária, que apura irregularidades praticadas na Agência Municipal de Habitação Popular no período em que João Emanuel era presidente da Agência, hoje elevada à secretaria municipal de Habitação e Regularização Fundiária.

Segundo Pinheiro, a suposta fraude envolveu um excesso de madeira que deveria ter sido destinado à construção de casas para pessoas de baixa renda. “Deduzimos que o ex-presidente utilizou todo o recurso, mas ele não fez as casas e as que fez foi com madeiras da Habitação. Então, foi feita a denúncia”, disse o petebista, durante posse do presidente do TCE, Antônio Joaquim. A informação é do Rdnews

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *