https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/julier.jpg

PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO

Ex- juiz Julier diz que impeachment contra Dilma é ‘golpe paraguaio’

O ex-juiz Julier Sebastião da Silva (PDT) classificou como ‘golpe paraguaio’ a abertura de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) feita pelo ainda presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB/RJ).

Julier, em entrevista ao Mato Grosso Mais, durante posse do novo presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Antonio Joaquim, na manhã dessa quinta-feira (17), falou como membro do partido que faz parte da aliança do governo Dilma, o PDT.

Para Julier, a presidente Dilma Rousseff não teria cometido nenhuma irregularidade que apontasse para um pedido de impeachment.

“O PDT tem o histórico em defesa da democracia e dos direitos trabalhistas que a sociedade brasileira tanto se orgulha. E também tem tomado posição em relação ao ‘golpe paraguaio’ que fere a democracia”, comentou o ex-juiz.

Após ter deixado a magistratura para ser candidato ao governo do Estado no ano passado, Julier estava no PMDB, do deputado federal e presidente Carlos Bezerra, mas foi preterido pela turma PR que optou por Lúdio Cabral (PT).

Julier desde então vinha sendo o candidato do PMDB para as eleições deste ano para a prefeitura de Cuiabá, mas como o partido começou a se encaminhar para um apoio iminente a Mauro Mendes (PSB), o ex-magistrado novamente sentiu que seria fritado, por isso, acabou aceitando o convite do presidente do PDT em Mato Grosso, deputado estadual Zeca Viana (PDT).

Sem um outro nome de expressão no PDT, e sem apoio a Mauro Mendes, Julier se sente mais seguro e acredita que vai ser candidato a prefeito de Cuiabá ano que vem.

Sobre a sua saída estar embasada no apoio do PMDB ao prefeito Mauro Mendes, Julier diz que saiu por outros motivos, e que notícias como essa não passam de ‘fuxico’.

Veja Mais

Um comentário em “Ex- juiz Julier diz que impeachment contra Dilma é ‘golpe paraguaio’”

  1. joaoderondonopolis disse:

    Esta frase é mais antiga de que andar pra frente.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *