https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/GAECO-e1458074267353.jpg

FORA DE CIRCULAÇÃO

Gaeco denuncia 17 pessoas acusadas de vários crimes em comércios da Capital

Divulgação

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), ofereceu nesta quarta-feira (13) denúncia contra 17 pessoas, acusadas da prática de vários crimes em comércios da Capital.

A atuação da organização criminosa veio à tona com a “Operação Mercatore”, realizada pela Polícia Civil em dezembro do ano passado.

De acordo com a denúncia, os acusados foram responsáveis pela prática de furtos, roubos, receptações, falsidade ideológica, lavagem de capitais, estelionato e extorsão mediante sequestro.

Conforme apurado durante as investigações, o grupo movimentou aproximadamente R$ 1.758.833,42. Na denúncia foram apontados 15 fatos que comprovam a atuação da organização criminosa.

Segundo o Gaeco, o líder do grupo encomendava objetos eletrônicos aos executores dos roubos e furtos que eram formatados e colocadas à venda em lojas do Shopping Popular que pertenciam ou eram utilizadas pelos denunciados.

Os “negócios” eram fomentados por meio da obtenção de empréstimos através da utilização de documento falso e da constituição ilícita de empresas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *