https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/TCE.jpg

AOS COFRES PÚBLICOS

Acusado de pagamentos irregulares, prefeito de MT deve restituir R$ 22 mil

O prefeito do município de Confresa, Gaspar Domingos Lazari, deve restituir aos cofres públicos o montante de R$ 22.324,00 aos cofres públicos por irregularidades em pagamentos.

A penalidade foi aplicada pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso em decisão que julgou parcialmente procedente representação interna em desfavor do gestor.

O processo foi levado ao Pleno do TCE pelo relator, conselheiro José Carlos Novelli na sessão plenária do dia 16 de dezembro e decidido por unanimidade.

A equipe de auditoria identificou que a Prefeitura de Confresa realizou o pagamento de empenhos sem a comprovação da realização dos respectivos serviços.

Para a realização do serviço de locação de som, foi pago o valor de R$ 12.584,00 e o valor de R$ 9.650,00 foi gasto em hospedagem sem comprovação da ligação com a administração pública municipal.

A defesa apresentada não sanou as falhas apontadas.

“O prefeito não comprovou, por exemplo, que as despesas relativas ao pagamento de diárias em hotel foram realmente realizadas, o que levou à sua responsabilização”, afirmou, em voto, o relator.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *