https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/MINHA-CASA-MINHA-VIDA.jpg

MINHA CASA, MINHA VIDA

Prefeitura de Cuiabá encerra processo e totaliza 1.045 famílias excluídas

Divulgação

A Prefeitura de Cuiabá excluiu mais 95 famílias sorteadas no Minha Casa Minha Vida por não se enquadrarem nas regras do programa.

Com isso, totaliza 1.045 exclusões e encerra o processo de seleção das famílias aptas a receberem as unidades habitacionais do residencial Nico Baracat I, II e III. Ao todo,  413 casas ficaram disponíveis para novo sorteio.

As 95 famílias excluídas recentemente não conseguiram confirmar as informações fornecidas no ato de inscrição, que foi auto-declaratório, durante a visita domiciliar, informou o secretário de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, José Rodrigues Rocha Júnior.

As visitas  foram realizadas por uma equipe de 12 assistentes sociais, que fizeram uma entrevista com as famílias contempladas e, ao final, elaboraram um Relatório Social exigido pela Caixa Econômica Federal.

“Essas famílias excluídas foram aquelas que não passaram na análise social feita pela equipe de assistência social. Depois disso, inicia-se a análise feita pela Caixa Econômica e aí teremos as famílias que, de fato, serão contempladas e terão o direito de morar no residencial Nico Baracat”, explicou o secretário.

As famílias retiradas do programa serão notificadas da exclusão por meio do Diário Oficial e terão prazo de dez dias, a contar da publicação, para recorrer da decisão, caso se considere injustiçadas.

O recurso poderá ser protocolado na sede do Programa Bolsa Família, na Avenida Dom Aquino, n° 184, no bairro Dom Aquino. O resultado do julgamento será divulgado em fevereiro.

No total, foram excluídas 1.045 famílias das 1.896 sorteadas. Foram excluídos 39 por já possuírem casa própria, quatro membros da mesma família por descumprimento de vários critérios, 20 servidores públicos estaduais e municipais com renda superior a R$ 1,6 mil, bem como um morador de Santo Antônio do Leverger.

Também foram retiradas do processo 257 titulares contemplados e 386 suplentes, por não terem apresentado os documentos obrigatórios dentro do prazo, e mais 47 por não residirem em áreas de risco, como haviam afirmado no ato da inscrição.

Com essas exclusões, a Prefeitura de Cuiabá encerra sua responsabilidade no programa habitacional e tem início a fase da análise documental, sob incumbência da Caixa Econômica  Federal.

As famílias que forem aprovadas nesta última etapa vão celebrar contrato com a instituição financeira e começar a pagar parcelas correspondentes a 5% da renda familiar, em um prazo de até 120 meses. Todas terão 30 dias para ocupar os imóveis, sob pena de perder o direito.

“Depois da assinatura do contrato, podemos considerar, de fato, encerrado todo o processo do Minha Casa Minha Vida, faltando somente a entrega das casas. Já as casas disponíveis serão colocadas para novo sorteio e todo o processo começa novamente”, finalizou o secretário.

Confira a notificação destinada às  95 pessoas AQUI.

Veja Mais

13 comentários em “Prefeitura de Cuiabá encerra processo e totaliza 1.045 famílias excluídas”

  1. Autónoma disse:

    Fico revoltada com a falta de injustiça que existe no nosso Brasil, pois infelizmente se a gente dar uma volta por essas casas do governo maioria está com placa de aluguel!! Uai essas casas não é para as pessoas que precisam?? E não tem ninguém para fiscalizar isso??? Quem realmente precisa não ganha!!

    1. Anônimo disse:

      vdd tem gente que acha longe e nem mora e nao tem fiscalizacao aqui nao mentira de que fala que eles fiscaliza

  2. Maria vera alves de araujo disse:

    Sorteio

  3. Jonasdouglas disse:

    Minha esposa foi sorteada ,entregamos todas as documentações,,as assistente social não foi nos procurar,como sabemos se estamos dentro ou fora disso,nak temos casa fixa como fica isso

  4. Anônimo disse:

    Acho td isso uma palhaçada pq sou mãe solteira tenho 4 filhos menores umcom doença crônica e meu nome estava no primeiro sorteio agora saiu uma nova lista meu nome já não está e não recebi nenhuma notificação esse é o país da hipocrisia e de covardia td gira em torno de dinheiro e conhecimento se vc não tiver nenhum dos dois por mas que vc necessite ainda assim vc é invisível pra as autoridades estou revoltada pq falam bonito qdo querem algo mas qdo e pra olha pra agir com sinceridade oque manda são os conhecimentos principalmente politicos…. Daí vira um juiz de direito e diz que existe uma maldita lei que dá o direito de moradia pra TDS kkkkkk e pra sorrir com essa bosta de lei.

  5. Vera Lucia Albert disse:

    Gostaria de saber se já foram chamados os comtemplados e que receberam a visita das assitentes sociais para assinar contrato com a Caixa ou isso vai ser coletivo na hora da entrega dos residenciais?Já tem data prevista para entrega?

    1. Mariana Albert disse:

      Olá Vera,

      Estou a procura de uma pessoa com o seu nome, nascida em 1951 que é filha de Julia Brigida Albert e Arnaud de Almeida Albert. Estou ajudando a uma pessoa a criar a árvore genealógica da família Albert. Se você é esta pessoa por favor entre em contato comigo.

  6. Sandra Mara Santana Pereira disse:

    Quero saber se tem como a gente ver agora o andamento da caixa economica com as pessoas que deu tudo certo ate a visita domiciliar. E quando vai ser entregue as casas. Obg

  7. iriana disse:

    Quero saber se tem como a gente ver agora o andamento da caixa economica com as pessoas que deu tudo certo ate a visita domiciliar. E quando vai ser entregue as casas. Obg

  8. jose disse:

    seria possível fiscalizar o residencial nova canaa 1, 2 estrada da ponte de ferro.

    1. Anônimo disse:

      sairia a maioria dos moradores, no residencial Nico Baracat a provas que a maioria das pessoas excluidas teve os documentos falsificados pela as assistentes social que dizem fazer as visitas e nunca aparecem e você vai lar estão todos os documentos assinados pela pessoa visitada.

  9. robson disse:

    sera que tem previsão de entrega das casas para aqueles que esta tudo serto com a minha casa minha vida ??

  10. JOTA disse:

    Tudo pro governo é mais caro, será pq? Será pq não há fiscalização? Será pq todos acham que se pegos, não serão punidos? Ou será pq sempre roubaram pq eu não? ta na hora de pessoas ligadas a Justiça entrarem pra mudar essa constituição com uma emenda onde tenhamos uma possível pena de morte aos Crimes Hediondos e colocar a corrupção no meio deles ! Ou será que na Justiça estão os corruptos mais safados do Brasil ?

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *