https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/concurso_procurador-e1560784913866.jpg

ATENÇÃO, CONCURSEIROS!

Concurso para área de Segurança Pública de MT será para nível superior

Ilustrativa

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp) informou que o novo concurso para 2.442 vagas da pasta serão para nível superior.

A assessoria disse também que ainda não há maiores informações sobre o concurso público, já que o Governo apenas autorizou a sua realização.

Ainda de acordo com a Sesp, todas as informações sobre o concurso serão repassadas em breve.

O CONCURSO PÚBLICO

O governador Pedro Taques (PSDB) e o secretário de Segurança Pública, Fábio Galindo, autorizaram o início do processo para um novo concurso público de provas e títulos para a Segurança Pública.

As 2.442 vagas autorizadas vão abranger Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e Politec. Na oportunidade, o governador também assinou a autorização para convocação dos 107 soldados do cadastro de reserva do último concurso público para o Corpo de Bombeiros.

São 1.200 vagas para soldado da Polícia Militar, 900 vagas para investigador, 300 vagas para escrivão da Polícia Judiciária Civil, 42 vagas para Técnico de Necrópsia, além da convocação dos 107 soldados do Corpo de Bombeiros.

A autorização foi assinada na presença da imprensa, representantes de cada instituição da área de segurança, além do secretário de Estado de Planejamento, Marcos Aurélio Marrafon.

Para Pedro Taques, incrementar o quadro de pessoal das forças de Segurança Pública é demonstrar respeito ao cidadão.

“Não se faz Segurança Pública sem planejamento, estratégia, liderança e equipe. Precisamos de homens e mulheres trabalhando fortemente. Queremos terminar 2018 cada dia mais com o cidadão orgulhoso dos profissionais da segurança pública. A autorização do novo concurso só foi possível graças ao planejamento”.

Pelo plano de recomposição de efetivo que está sendo executado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) desde de 2015, já ingressaram nas carreiras da Segurança Pública 3.498 novos profissionais, sendo 1.952 soldados para a Polícia Militar, 1.084 escrivães e investigadores para a Polícia Judiciária Civil, 449 soldados para o Corpo de Bombeiros, 09 peritos e 04 médicos legistas para a Politec.

Do total convocados em 2015 para a Polícia Militar, 612 estão nas ruas de todo o estado e 1.340 em curso na Escola Superior de Formação de Soldados e Praças da Polícia Militar.

O Corpo de Bombeiros recebeu 449 soldados e outros 302 estão em formação. Com o anúncio da convocação dos 107 soldados que estão no cadastro de reserva, a instituição terá a maior inclusão dos últimos 15 anos.

Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Júlio Cezar Rodrigues, com o incremento nenhuma unidade da instituição ficará com menos de 40 bombeiros nos quarteis.

Já a Polícia Judiciária Civil recebeu 484 escrivães e investigadores, que concluíram o Curso de Formação na Academia da Polícia Judiciária Civil (Acadepol) em novembro e foram nomeados no dia 22 de janeiro. Esses novos profissionais se juntam aos 600 escrivães e investigadores que já estão atuando nas delegacias de todo o estado.

O incremento de mais profissionais faz parte do programa de recomposição do efetivo da Segurança Pública.

Em janeiro de 2015, a Segurança Pública contava com apenas 40% do quadro funcional ideal da Polícia Militar, a Polícia Judiciária Civil com 42%, o Corpo de Bombeiros com 24% e a Politec com 50%.

Para o secretário de Segurança Pública, Fábio Galindo Silvestre, a atuação conjunta entre as Secretarias de Segurança Pública, Planejamento, Fazenda, Gestão e o apoio do governador foi fundamental para que a Sesp conseguisse avançar na realização do novo certame.

“A realização do novo concurso para a Segurança é um compromisso que assumimos com a recomposição do nosso efetivo e maior sensação de segurança para a população”.

Curta Mato Grosso Mais clicando aqui.

Veja Mais

8 comentários em “Concurso para área de Segurança Pública de MT será para nível superior”

  1. moises soares da costa disse:

    O sr. governador não pode dar oportunidade só pra nivel superior tem que ser direitos iguais. eu tenho nivel medio completo, mais não doconta de pagar uma faculdade com salário de nivel medio. meu sonho é fazer uma faculdade de “segurança do trabalho“mas vcs não dão oprtunidade pros mais pobres…. que sonha um dia ser alguem na vida.

    1. sueli disse:

      eu também sou de família pobre porem mesmo sem condições de pagar faculdade corro atrás, ou seja curso nível superior através de Enem, esforço meu…” a vida e dura só p/ quem é mole”

      1. ISSO É PORQUE VC NÃO TEM NEHUM FILHO, E TEM QUE PEGAR ONIBUS DE MADRUGADA PRA TRABALHA E CHEGAR EM CASA JA DE NOITE E TER QUE ESTUDAR ISSO É VIDA MOLE PRA VC PORQUE VC NÃO PASSA POR ISSO... disse:

        (VDD…KKK..) ISSO É PORQUE VC NÃO TEM NEHUM FILHO, E TEM QUE PEGAR ONIBUS DE MADRUGADA PRA TRABALHA E CHEGAR EM CASA JA DE NOITE E TER QUE ESTUDAR ISSO É VIDA MOLE PRA VC. É PORQUE VC NÃO PASSA POR ISSO…

      2. Anônimo disse:

        CONCORDO COM VC SUELI

      1. pele fina... disse:

        É isso ai pessoal, a vida é mole pra quem não faz bosta nenhuma…
        Que tem o papai e a mamãe pra bancar tudo…
        Só é guerreiro(a) aqueles q lutam todos os dias..
        E não adianta falar q a vida é dura pra quem é mole, a vida é dura pra todos…
        Já q esta ficando mais difícil, pelo menos façam um curso mais preparatório depois da
        aprovação… para q a nossa segurança seja mais eficiente…

    2. Anônimo disse:

      Dao chance para nível médio o que queremos e trabalhar olhe por nois …

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *