https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/mosquito-da-dengue-e1499197068630.jpg

FECHANDO O CERCO

Mendes anuncia multa para proprietários de imóveis já notificados‏

Divulgação

Casos de dengue em Mato Grosso aumentam 114,9%. Foto: Divulgação

O prefeito Mauro Mendes (PSB) anunciou nesta sexta-feira (5), durante entrevista coletiva na 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, que as multas aplicadas aos proprietários de imóveis que continuam a apresentar focos do mosquito Aedes aegypti poderá atingir até R$ 1,8 mil reais.

A penalidade começará a ser aplicada após o carnaval, aos proprietários de imóveis já notificados.

Na manhã desta sexta-feira fiscais da Vigilância em Saúde e da Secretaria de Ordem Pública visitaram mais de 100 imóveis no bairro Pedra 90, notificando os proprietários.

Durante a coletiva de imprensa, foi anunciada a mobilização nacional convocada pelo governo federal para o próximo dia 13, com a participação dos homens das Forças Armadas e Defesa Civil.

Aos jornalistas, Mauro Mendes falou sobre o trabalho que já vem sendo feito em Cuiabá, de combate aos focos do mosquito e Aedes aegypti.

Lembrou a ação já realizada no Pedra 90 com a utilização de tecnologia (drone)  e disse que na capital, a ação tem sido intensa, com a participação de todo o contingente de agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde.

Mais uma vez, o prefeito  chamou à  responsabilidade os cidadãos, que precisam fazer a sua parte e disse que o efetivo das Forças Armadas, de mais de 1 mil homens, será um apoio importante nessa guerra.

“Estamos fazendo uma busca inteligente, imóvel por imóvel. Essa guerra é fácil de ser vencida, mas precisamos da participação da sociedade. É importante lembrar que os esforços são coletivos, mas a responsabilidade é de cada um de nós. Se cada um cuidar da sua própria casa, caberá à gestão fiscalizar apenas as áreas públicas, como praças, hospitais, e parques.”

Em relação às multas, Mauro Mendes disse que os proprietários que tiveram seus imóveis notificados nos meses de dezembro de 2015 e janeiro de 2016, e que continuam  apresentando focos do mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão da dengue, chikungunya e zika, serão multados e, se for constatada a reincidência, o valor da multa será dobrado. De acordo com o prefeito, a notificação e a multa estão previstos nos Códigos de Postura e Sanitário da capital.

O secretário de Saúde de Cuiabá, Ary Soares de Souza Junior, disse que a exemplo do que aconteceu no Pedra 90,  os próximos bairros a receberem a mobilização para o combate ao mosquito será o Dom Aquino  nos dias 12 e 13.

A expectativa é de que 4.800 imóveis sejam visitados.

Nessa ação estarão participando 110 agentes de combate a endemias, 104 agentes comunitários de saúde e 200 homens do Exercito.

Também estarão participando agentes das Secretarias de Ordem Pública, Obras e Serviços Urbanos.

A programação da Secretaria de Saúde é de que nos dias 19 e 20 sejam realizadas ações nos bairros Dr. Fábio I e II; nos dias 26 e 27 no bairro Santa Isabel, os dias 4 e 5 de março na Cidade Alta.

Totalizando 11.530 imóveis visitados pelos ACE desde dezembro do ano passado quando foi realizada a primeira ação no Pedra 90 onde 12.311 imóveis foram vistoriados.

Essa ação, segundo a Vigilância em Saúde já foi realizada também em condomínios residenciais como Belvedere, alphaville, Florais dos Lagos, Florais Cuiabá, Sesi Papa, Arena Pantanal, UFMT, Candido Rondon, Unic, Praça da Mandioca, ICE, ICEC, IFMT Planalto e Bela Vista.

Mobilização nacional

A ação da qual participarão os homens das Forças Armadas e Defesa Civil irá mobilizar todo o país no próximo dia 13.

Em Mato Grosso, a iniciativa está sendo coordenada a partir da Sala de Comando e Controle e integra o Plano Estadual Emergencial de Enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti.

O general José Carlos Braga de Avellar,  comandante da 13ª Brigada, explicou como será a participação do Exército, nas quatro fases previstas – capacitação, ação do dia de mobilização, auxílio na limpeza, orientação aos moradores e aplicação de larvicida em criadouros e, por último, visitas as unidades escolares reforçando o trabalho de conscientização.

“Estamos oficializando hoje a participação das Forças Armadas nessa grande mobilização nacional em Mato Grosso onde estaremos apoiando as ações de enfrentamento e combate ao mosquito Aedes aegypti  em Cuiabá e mais outros nove municípios, intensificando essas ações e colaborando na conscientização da população”, destacou o general Avellar.

Também participaram da coletiva a diretora da Vigilancia em Saúde, Silvana Miranda, a coodenadora da Vigilancia em Zoonoses, Alessandra Carvalho a técnica responsável pelo Centro de Informação Estratégicas da Vigilancia em Saúde (CIEVS), Moema Baltt, autoridades estaduais e do município de Várzea Grande.

Veja Mais

Um comentário em “Mendes anuncia multa para proprietários de imóveis já notificados‏”

  1. Jully Esther disse:

    No Bairro Quilombo onde moro, tem um cidadão que mora perto de minha casa e o mesmo tem uma piscina abandonada há uns 04 anos, a água verde escura e não deixa de jeito nenhum a Agente entrar em sua casa. Fizemos uma denuncia dia 02.12 , e até agora nada foi feito. Eu tive o Zica, minha empregada que também mora perto do local, minha filha e outra vizinha, não estou acreditando que resolvam este problema.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *