https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/01/samu-e1525609790523.jpg

LUTO NA EDUCAÇÃO

Casal de professores e genro são enterrados no Parque Bom Jesus de Cuiabá

Divulgação

Os professores João Dias, de 57 anos, Iraci Romagnoli, de 53 anos,  marido e mulher, além de Thiago Dias, de 30 anos, genro do casal, serão enterrados, às 16h desta quarta-feira (10), no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

Os corpos estão sendo velados na capela Jardins, na Capital.

Milhares de pessoas já passaram pelo local para dar o último adeus aos professores, que lecionaram por um bom tempo no colégio São Gonçalo.

Muitos ex-alunos, que passaram pelo velório, relembraram histórias do professor João Dias, período das Olímpiadas Salesianas.

Os três morreram em um acidente na tarde desta terça-feira (9), na BR-364, perto de Jaciara, a 140 km de Cuiabá.

Acidente matou dois professores de Cuiabá e o genro deles, nesta terça-feira na BR-364 (Foto: Divulgação/PRF-MT)

Foto: PRF/MT

Eles vinham no sentido de Rondonópolis para Cuiabá, quando um Hyundai, vindo no sentido contrário, tentou ultrapassar uma carreta.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista não teria conseguido concluir a ultrapassagem, foi parar na pista contrária, perdeu o controle por causa do desnível, e acabou acertando o carro dos professores, um escosport, que acabou indo parar na outra pista, sendo atingido em cheio pela carreta.

“Esses três veículos se envolveram em uma colisão. A Hyundai entrou ultrapassando a carreta e, quando o motorista viu que não ia dar tempo de completar a ultrapassagem, jogou [o veículo] para o acostamento. Devido ao declínio da pista, ele perdeu o controle, retornou para a pista atingindo a Ecosport. Ele praticamente jogou a Escosport contra a carreta”, explicou ao G1 o policial rodoviário Flávio Gardin.

Acidente com três veículos matou três pessoas e deixou duas feridas na BR-364 (Foto: Divulgação/PRF-MT)

Foto: PRF/MT

Além dos professores e do genro, também estavam no carro a filha do casal e a neta deles.

As duas foram encaminhadas para um hospital de Rondonópolis. O estado de saúde da filha dos professores seria grave.

A Polícia Civil deve investigar as causas do acidente.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *