https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/assessoria-vlt-e1534283132799.jpg

LEGADO DA COPA

Readequação do canteiros de obras do VLT na Avenida da Feb custará R$ 600 mil

Divulgação

A AI Fernandes Serviços e Engenharia entregou documentação e apresentou proposta orçamentária de R$ 601.967,99 para realizar as obras de readequação viária no canteiro central do Veículo Leve sobre Trihos (VLT), na avenida da FEB, em Várzea Grande.

A partir de agora, a Secretaria de Estado das Cidades (Secid), por meio da adjunta de Obras da Baixada Cuiabana, inicia análise dos itens técnicos e orçamentários apresentados. Com a finalização desta etapa, deverá ser realizada a contratação da empresa.

Conforme previsto no projeto, no trecho que compreende o VLT em Várzea Grande será realizada a recolocação das barreiras de concreto (gelo baiano) para a parte interna do canteiro, pavimentação asfáltica ao longo da via, além de faixas elevadas e de travessia para segurança e mobilidade dos pedestres.

As intervenções propostas foram elaboradas após reunião realizada entre representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas e da Prefeitura de Várzea Grande, que contribuíram com sugestões para o projeto.

O contato do Estado com os gestores municipais e também comerciantes vem sendo realizado desde o mês de julho.

O secretário Eduardo Chiletto explica que os investimentos que serão aplicados nas obras de intervenção viária em Várzea Grande serão cobrados posteriormente do Consórcio VLT, atual responsável pela obra.

“Além de estar previsto no contrato, o Ministério do Trabalho e Emprego, por meio de normas regulamentadoras, também destaca a responsabilidade da empresa construtora em manter os canteiros de obras seguros e limpos”, reforçou Chiletto.

Clique aqui e veja o projeto para os canteiros centrais do VLT, na avenida da FEB.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *