https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/vlt-e1518200220810.jpg

CPI DAS OBRAS DA COPA

Autor de denúncia de R$ 80 milhões envolvendo VLT, Rowles Magalhães será ouvido

Gcom

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa recebe o depoimento da testemunhas Rowles Magalhães, apontado como autor da denúncia sobre suposta propina para trocar o modal Bus Rapid Transit (BRT) para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), na terça-feira (16).

À época dos fatos, Rowles Magalhães atuou como representante do Fundo Infinity, responsável por doar o projeto do VLT, e também foi assessor especial do vice-governador Chico Daltro (PSD).

Nesta terça-feira(16), também serão ouvidos, o arquiteto e urbanista que à época era membro da Comissão de Licitação do Regime Diferenciado de Contratação (RDC) da Secretaria da Copa (Secopa), Ivan Moreira de Almeida.

Também estão previstos os depoimentos de dois engenheiros civis que atuaram junto à Secopa, Edno Martimiano de Carvalho e Gamaliel Cruz Soares.

Na quarta-feira (17), serão ouvidos a então gerente de aquisições da Agecopa e da Secopa, Ryta de Cassia Pereira Duarte, Marcos de Deus Griggi, à época coordenador de orçamento da Secopa.

Foto: Assessoria

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *