OPERAÇÃO SODOMA

Sem revelar nome, Pedro Nadaf diz em audiência que jornalista o avisou de prisão

O ex-secretário da Casa Civil do Governo Silval Barbosa (PMDB), Pedro Nadaf, disse, durante audiência de instrução da Operação Sodoma, agora há pouco, junto à juíza Selma Rosane Arruda, que um jornalista o teria avisado que seria preso pela Delegacia Fazendária.

Perguntado pelo advogado de Marcel de Cursi, Roberto Tardelli, quem seria o jornalista, Nadaf se recusou a revelar o nome. A magistrada também pediu para que ele falasse, mas ele resistiu e falou que estava ‘queimado’, e que o site do jornalista poderia persegui-lo. (Com Gazeta Digital).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *