CRISE POLÍTICA

Palácio do Planalto já dá como certa saída de Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça

No Palácio do Planalto já é dada como certa a saída do ministro José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça.

“A situação ficou insustentável. Ele tem sofrido forte pressão do PT por não controlar as investigações da Lava Jato”, explicou um auxiliar da presidente Dilma Rousseff.

Cardozo vinha sendo criticado nos últimos meses até mesmo pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na última semana, após a prisão do marqueteiro de campanhas petistas João Santana, deputados do partido chegaram a fazer uma visita com cobranças ao ministro, que causou constrangimentos.

O nome mais cotado para assumir a vaga de Cardozo é do ex-procurador geral de Justiça da Bahia Wellington Silva. Ele foi procurador-geral do estado na época do governo de Jaques Wagner, atualmente ministro da Casa Civil de Dilma.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *