HEMOMAT

Acusada de fraudar licitação, servidora do Estado é absolvida de Processo Administrativo

A servidora Eliana Rabani Lisboa Costa foi absolvida pelo governador Pedro Taques (PSDB) após uma investigação feita por meio de um Processo Administrativo Disciplinar, onde ela e mais duas pessoas foram acusadas de fraudar uma licitação realizada para o Hemomat/MT.

O certame era para contratação de serviços de lanches aos doadores de sangue, e também na contratação de serviços de manutenção de equipamentos elétricos e ar condicionado.

 A absolvição atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral do Estado. Uma das servidoras teve como pena a demissão e a outra a exoneração do cargo em comissão.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *