https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/roberto-farias.jpg

QUE FASE!

Prefeito se esconde em banheiro durante roubo e chama a PM em MT

O prefeito de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, Roberto Ângelo de Farias (PMDB), sofreu uma tentativa de assalto na casa dele, nesta quinta-feira (3), e se escondeu no banheiro para conseguir chamar a polícia durante a ação criminosa.

De acordo com o prefeito, é a segunda vez em uma semana que a casa é alvo de assaltantes. Três suspeitos foram detidos pela polícia, sendo um deles um adolescente de 15 anos.

Segundo o delegado Wiliney Santana de Borges, os criminosos entraram pelos fundos da residência. Farias teria percebido a movimentação e se deparado com um grupo de assaltantes. Seriam entre três a quatro ladrões que invadiram o local.

“Eles adentraram pela área dos fundos, que dá acesso pelo rio, cortaram a cerca elétrica, tiveram acesso ao quintal da residência. O prefeito acordou pela manhã e se deparou com os elementos na área externa, dos quais, ao visualizarem o prefeito, acabaram indo armados em sua direção com facas e armas brancas, ele foi trancando diversas portas com o intuito de se abrigar e se proteger desses indivíduos. Eles arrombaram diversas portas, na tentativa de alcançá-lo”, relatou o delegado.

Enquanto fugia dos assaltantes por dentro da casa, o prefeito conseguiu se trancar no banheiro e chamar a polícia. “Estamos em busca dessas outras pessoas. Queremos saber se são os mesmos elementos [do outro assalto], que, dessa vez, utilizaram de violência”, afirmou Borges.

Os criminosos teriam consumido droga e bebida alcoólica na casa do prefeito. Farias disse que temeu ser morto na tentativa de assalto.

“Eu abri a porta e vi que a porta dos fundos estava arrombada. A casa estava toda revirada. Eu fui até a área externa e me deparei com eles. Vieram em disparada ao meu encontro, eu fui passando pelo corredor e eles foram arrombando as portas, gritaram que iam me matar. Me tranquei no banheiro e liguei para a polícia. Só não arrombaram [a porta] porque a segurei. Isso pode acontecer com qualquer um”, disse o prefeito ao G1.

Os policiais chegaram na casa do prefeito e conseguiram apreender um dos assaltantes ainda no local. Farias disse que são os mesmos assaltantes que invadiram a casa dele na última semana.

O prefeito, que é acusado de vender terrenos públicos, e teve os bens bloqueados pela Justiça de Mato Grosso.

Além disso, também acusado pelo Ministério Público do Estado (MPE) de ter contratado uma prima como funcionária fantasma. No entanto, ele negou as acusações e afirmou ser vítima de perseguição política.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *