https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/03/renato.jpg

INTOLERÂNCIA POLÍTICA

Ex da TV Centro América, repórter é agredido por simpatizantes de Lula

O repórter da TV Globo, Renato Biazzi, que trabalhou na TV Centro América e fez a cobertura da tragédia envolvendo o acidente da Gol com o Legacy em Mato Grosso, foi hostilizado e até agredido, na cobertura da Operação Lava Jato, nesta sexta-feira (4), onde o principal alvo da Polícia Federal foi o ex-presidente Lula (PT).

Um grupo de manifestantes cercou os repórteres Renato Biazzi e Davi Irikura em frente ao aeroporto de Congonhas.

renato

Imagens de celular mostraram o momento em que Biazzi levou um empurrão.

Os dois se afastaram por alguns metros e quando tentaram voltar ao trabalho foram xingados.

Ex da TV Centro América, repórter é agredido por simpatizantes de Lula durante Lava Jato – clique no link para ver o vídeo. (Crédito TV Globo)

A repórter Mayara Teixeira, do Profissão Repórter, fazia algumas entrevistas em frente ao diretório do PT quando uma mulher pediu que ela se identificasse.

Ao dizer que era do Profissão Repórter, programa da TV Globo, um grupo tentou arrancar a câmera, mas Mayara conseguiu sair, ajudada por militantes.

Aos gritos, manifestantes interromperam a entrevista que o ex-ministro Gilberto Carvalho dava aos jornalistas da GloboNews Gabriel Prado e Nilson Modesto na chegada ao diretório.

Eles não conseguiram terminar a entrevista.

E os jornalistas Roberto Kovalick e Marco Antonio Gonçalves foram xingados em frente à casa do ex-presidente Lula, em São Bernardo. A polícia precisou afastar os dois manifestantes.

Uma equipe da Band também foi agredida por manifestantes.

A Abert – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão -, a Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas – e a Abraji – Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – repudiaram qualquer tipo de violência que impeça os profissionais da imprensa de cobrir fatos de interesse da sociedade. A Abert e a Abraji pediram apuração rigorosa e punição dos responsáveis.

A Associação Brasileira de Imprensa afirmou ser inaceitável que profissionais de imprensa sejam fisicamente agredidos e tenham seus equipamentos danificados.

A TV Globo repudia esses atos e se solidariza com seus profissionais que mais não fazem senão relatar com isenção e profissionalismo fatos relevantes para os brasileiros. Com G1

Veja Mais

Um comentário em “Ex da TV Centro América, repórter é agredido por simpatizantes de Lula”

  1. Jully Esther disse:

    A única certeza que temos é que boa parte destes Ptralhas vivem as custas de nossos impostos para se manifestar a favor deste maldito Lula e toda sua corja. Aposto que teem um salário maior que o nosso que somos teabalhadores que pagamo nossas contas enquanto estes bandidos recebem salários para manifestarem a favor desta corja de Ptralha….indignada.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *