ACUSADO DE CORRUPÇÃO

Juíza de Mato Grosso nega liberdade ao ex-procurador Chico Lima

A juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira negou pedido para revogar a prisão preventiva do procurador aposentado, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, acusado de participação em pelo menos 2 esquemas de corrupção na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

Na condição de juíza substituta na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, ela decidiu manter a preventiva de Chico Lima decretada por Selma Rosane Santos Arruda, titular da Vara.

Chico Lima, que está morando no Rio de Janeiro foi preso no dia 17 de fevereiro após participar de uma audiência da ação penal fruto da Operação Sodoma deflagrada no dia 15 de setembro de 2015. Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *