ESQUEMA ILEGAL DE TERRAS

Médico alvo da Operação Seven vai ser ouvido nesta quarta em audiência na Justiça

O médico Filinto Correa da Costa, de 73 anos, alvo da Operação Seven, que investiga a compra e venda de terras feitas pelo Estado, vai ser ouvido em audiência de instrução na 7ª Vara Criminal de Cuiabá, nesta quarta-feira (16), às 17h.

No dia primeiro de fevereiro, o Gaeco realizou mandado de busca e apreensão na casa dele e teve decretado pela Justiça o uso de tornozeleiras eletrônicas.

Filinto era o proprietário da área que teria sido comprada duas vezes pelo Governo do Estado de Mato Grosso.

De acordo com o Gaeco, no ano de 2002, o empresário negociou com o Governo do Estado uma área de aproximadamente 3,240 hectares pelo valor de R$1,8 milhões.

Ocorre que, no ano de 2014, 727,931 hectares dessa mesma área foram novamente vendidas ao Governo, dessa vez pelo valor de R$7 milhões.

Para dar legitimidade a transação, o ex -governador, contrariando dispositivos legais expressos, transformou a unidade de conservação do tipo “parque” em unidade de conservação do tipo “Estação Ecológica”.

Nesses casos a legislação federal não exige a realização de estudos técnicos ou audiências públicas. O esquema contou com a participação do ex secretário da Casa Civil e do ex presidente do Intermat.

Nessa operação, o ex-governador Silval Barbosa e o ex-secretário Pedro Nadaf (PR) tiveram a segunda prisão preventiva decretada por Selma Rosane Arruda.

A primeira foi na Operação Sodoma, que investiga suspeita de crime em incentivos fiscais do Estado.

Confira aqui e aqui a integra dos pedidos de prisão preventiva e a decisão da Justiça. Com Assessoria

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *