DELAÇÃO PREMIADA

César Zílio diz que recebeu propina de R$ 2,2 milhões de Posto de Combustível

Na delação premiada que está fazendo ao Ministério Público Estadual (MPE), o ex-secretário de Estado de Administração, César Zílio, relatou que recebeu cerca de R$ 2,2 milhões de de um Posto de Combustível, com sede em Cuiabá.

Segundo Zílio, os repasses mensais, de R$ 70 mil, foram feitos de janeiro de 2011 a agosto de 2013.

Aos promotores de Justiça do MPE, César Zílio contou entregava cerca de 70% do valor, todo mês, diretamente nas mãos do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

Depois de dois anos e oito meses pegando a propina em nome do então governador, ele recebeu, em setembro de 2013, uma ordem para não mais receber os valores mensais.

Conforme Zílio relatou, a partir daquele mês, os R$ 70 mil seriam recebidos por Pedro Elias Domingos de Mello, servidor da SAD, que, mais tarde, assumiu o comando da pasta.

Pedro Elias foi preso pela Polícia Fazendária, no último dia 22, e também negociaria uma delação premiada. As informações são do Midianews

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *