NADAF E CURSI

Ministro do Supremo Tribunal Federal concede HC, mas ex-secretários continuam presos

O ministro do STF, Edson Fachin, aceitou estender os efeitos do habeas corpus que revogou uma prisão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), no dia 15 deste mês, aos ex-secretários Marcel de Cursi e Pedro Nadaf.

Mesmo com a decisão favorável, ambos permanecem presos no Centro de Custódia de Cuiabá, porque têm novos mandados de prisão decretados pela juíza Selma Rosane Santos Arruda, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

Eles estão presos desde o dia 15 de setembro de 2015 quando foram alvos da Operação Sodoma deflagrada pela Delegacia Fazendária (Defaz) para desarticular um esquema de cobrança de extorsão e propina contra empresários beneficiados por incentivos fiscais. Com Gazeta Digital

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *