https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/11/taques.jpg

CRISE NO PLANALTO

Taques critica permanência de Dilma no poder e diz que governo da petista acabou

Divulgação

O governador Pedro Taques (PSDB), afirmou na manhã desta quarta-feira (30), que o Governo liderado pela presidente Dilma Rousseff não tem condições de continuar no poder.

O tucano explicou que diante da crise política e econômica instalada, é preciso que medidas sejam tomadas pensando no Brasil.

“Nós temos que entender que o Governo Federal não tem mais condições políticas de continuar onde está. A crise econômica é uma consequência disso”. Primeiro governador a se posicionar publicamente a favor da saída de Dilma, o tucano já havia usado as redes sociais para convidar a população para os protestos pró- impeachment.

Questionado sobre a possibilidade do PSDB participar de um eventual Governo de coalizão, liderado pelo vice-presidente Michel Temer (PMDB), o governador disse que só deve se manifestar em reunião da sigla.

“Quem fala pelo PSDB é o presidente nacional, senador Aécio Neves. Ele deve convocar uma reunião e aí eu vou expor a minha opinião. De qualquer forma, entendo que nesse momento de crise, mais do que nomes, mais do que partidos, precisamos pensar no Brasil, independente de quem participa. Essa é minha opinião”.

Apesar de não haver um posicionamento oficial do PSDB na composição de um eventual governo peemedebista, já existem articulações no Senado para que José Serra (PSDB-SP) seja uma espécie de “conselheiro” de Michel Temer, na confirmação do impeachment, para auxiliar o país a contornar a crise econômica instalada. A articulação foi confirmada pelo senador José Medeiros (PSD).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *