https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/DSC_0106-Copia.jpg

EM NOTA DE REPÚDIO

Câmara acusa secretário de passear em shopping durante expediente

Os vereadores por Várzea Grande aprovaram na noite desta quarta-feira (06) outra ‘Moção de Repúdio’ contra o atual secretário de Saúde do município, Luiz Soares. A nota foi assinada por 11 parlamentares, dos 21 presentes na Casa.

Para Ivan dos Santos, o tratamento que vem sendo dispensado por Luiz Soares a servidores, pacientes e vereadores que frequentam o PS/VG é de total desrespeito.

Para o democrata Pedrinho, o secretário não demonstra qualquer interesse em trabalhar e resolver os inúmeros problemas da pasta, inclusive, as denúncias contra Luiz Soares partiu dos próprios servidores do Pronto Socorro.

“Estive reunido com servidores no PS e eles me disseram que é de praxe o secretário sair às 11 horas para almoçar e só retornar após as 16 horas. Quando chega ainda trata as pessoas com gritaria. Isso é inadmissível”, protestou Tolares.

Para o presidente da Câmara, Jânio Calistro do Nascimento (PSD) essa denúncia de que o secretário Soares fica mais ausente do que presente em seu posto de trabalho, procede já que no horário referido por Pedrinho, Luiz Soares foi visto passeando tranquilamente pelo shopping da cidade.

O vereador João Madureira (PSC) até tentou amenizar as criticas quando pediu paciência aos colegas e ainda destacou o passado do secretário como ex-deputado e ex-senador.

Mas o social cristão foi veementemente rebatido por Pedrinho que disse: “não quero saber o que esse Luiz Soares foi no passado. Exijo que trabalhe com respeito ao salário que lhe é pago.”

Convencido pelos pares, Madureira sugeriu: “se ele não receber vereador e não tratar bem a população vamos falar com a prefeita e requisitar a troca dele.”

O vereador Wanderlei Cerqueira (PSD) também atentou para mesma linha do colega Pedrinho ao lembrar “que o salário do secretário é pago com o dinheiro da comunidade e por isso tem a obrigação de tratar as pessoas com respeito e eficácia.”

O vereador Chico Curvo, também do PSD, disse até reconhecer a experiência do secretário, mas que o know-how de Soares não vem sendo usado de maneira inteligente.

“Tem secretário que é craque, mas craque em carência de educação”, ironizou Curvo.

Para a vereadora Sumaia Leite (PT do B), o secretário de Saúde está indo na contra mão da história quando este não demonstra eficácia na função, principalmente com funcionários de carreira do Pronto Socorro.

“Sou favorável que os cargos de secretário, superintendentes e assessores da Saúde, devem ser preenchidos por servidores várzea-grandenses e de carreira. Temos que parar de importar pessoas de Cuiabá e de outros locais para ocuparem cargos tão importantes na nossa cidade. Será que nesta terra de Couto Magalhães não temos pessoas capacitadas”, questionou Sumaia.

Para o vereador Maninho de Barros (PSD), a maioria dos atuais secretários da gestão da Prefeita Lucimar Campos (DEM) é de fora e muitos deles não desempenham a função como deveriam e terminam empurrando os serviços da pasta com a barriga.

“Secretário em Várzea Grande tem que ir pra rua e gastar sola de sapato e trabalhar junto ao povo, o que não vem acontecendo, e por isso sou a favor na troca de no mínimo 50% desse secretariado”, concluiu Maninho. Com assessoria da Câmara de VG

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *