EM RONDONÓPOLIS

Mulher é presa por fazer neta refém e ameaçá-la de morte em Mato Grosso

Na noite dessa quarta-feira (13), no bairro Vila Operária, em Rondonópolis, policiais do 5º Batalhão da Polícia Militar prenderam R. da S. S., 54 anos, e o companheiro dela, B. Q. S., 59, por fazerem refém e ameaçar de morte uma adolescente.

Na residência também foram apreendas duas espingardas, uma delas com munição.

A adolescente é neta de R. S., com quem supostamente mora.

Quando os policiais, acionados por vizinhos, chegaram à residência foram ameaçados com uma espingarda apontada na direção deles por B. S..

Já a avó, com uma faca, ameaçava matar a neta.

Com os policiais no local, ela passou a dizer que a mataria.

Um oficial do 4º Comando Regional foi para a residência negociar a rendição do casal, mas na chegada dele os acusados soltaram um cachorro para intimidá-lo.

A menina conseguiu se libertar da avó saltando o muro da casa, enquanto os policiais continuavam negociando com a mulher e o homem.

A avó, além de dizer que não se renderia, o tempo todo repetia as ameaças contra a neta.

Após mais de uma hora de negociações, a avó se rendeu e autorizou a entrada dos policiais na residência.

Antes, B. S. ainda tentou esconder ar armas.

Durante a revista geral no imóvel foram encontradas uma espingarda sobre o guarda-roupa, envolvida em um forro de cama, e a outra no sótão de um cômodo nos fundos da casa.

Presos, o casal foi conduzido para a 1ª Delegacia de Polícia, juntamente com as duas armas.

Já adolescente, que apresentava escoriações pelo corpo e uma perfuração superficial no braço, supostamente de faca, foi encaminhada ao Pronto-Socorro Municipal.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *