SEM NOÇÃO

Após ser elogiado pela mulher durante votação do impeachment, marido prefeito é preso pela PF

Poucas horas após ser homenageado pela mulher, a deputada federal Raquel Muniz (PSD), como exemplo do Brasil “que tem jeito”, em seu voto pela admissão do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, neste domingo (17), o prefeito de Montes Claros (MG), Ruy Muniz (PSB), foi preso preventivamente pela PF (Polícia Federal) em Brasília, acusado de corrupção.

De acordo com as denúncias do MPF (Ministério Público Federal), Muniz e a mulher são acusados por improbidade administrativa. De acordo com a denúncia, o casal usou entidades filantrópicas registradas em nome de laranjas para fugir de pagamentos de tributos de empresas da família na área de educação e saúde.

Em seu voto pelo impeachment, a deputada disse: “o meu voto é pra dizer que o Brasil tem jeito, e o prefeito de Montes Claros mostra isso pra todos nós com a sua gestão”. Ela dedicou ainda às vítimas da BR- 251, citou ainda outros nomes e sua neta e sua mãe. Finalizou então com “sim, sim, sim”.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *