https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/BOLSA.jpg

RISCO SOCIAL

Mais de 2 mil beneficiados podem perder o Bolsa Família em Mato Grosso

Divulgação

Pelo menos duas mil famílias podem perder o direito de receber o Programa Bolsa Família (PBF) em Mato Grosso, segundo levantamento da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas).

De acordo com a pasta, 2.224 famílias não teriam correspondido com as determinações do programa social.

Atualmente 173 mil famílias são atendidas pelo programa em Mato Grosso, conforme a Setas.

Entre as famílias que correm risco, estão moradores de Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis, Acorizal, Campo Novo do Parecis, Juara, Juruena, Nobres, Nortelândia,Tesouro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Porto dos Gaúchos, Primavera do Leste,Indiavaí, Lucas do Rio Verde, entre outros.

As famílias estão em 118 cidades mato-grossenses e correm risco de terem o benefício cortado.

O Bolsa Família é uma ação de transferência direta de renda desenvolvido pelo Governo Federal e direcionada às famílias em situação de extrema pobreza, para que elas consigam superar o patamar de vulnerabilidade social.

Contudo, para receber o benefício, elas devem atender às condicionalidades como, por exemplo, atestar frequência dos filhos na unidade escolar.

A Setas orienta que as unidades socioassistenciais acompanhem de perto os beneficiários que estão em situação irregular.

Em todo o país, segundo dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), são mais de 13,9 milhões de famílias atendidas. O programa é voltado para pessoas voltadas em situação de pobreza ou extrema pobreza.

São consideradas em extrema pobreza, aquelas que possuem renda mensal de até R$ 77 por pessoa. Já as famílias pobres, são aquelas que têm renda mensal entre R$ 77,01 e R$ 154 por pessoas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *