SAÚDE DE VÁRZEA GRANDE

Governo desmente secretário de Lucimar Campos e afirma que fez repasses

A Secretaria de Estado de Saúde rebateu às declarações do secretário de Finanças de Várzea Grande, César Miranda, de que o Governo estaria em atraso no repasse de verbas federais para o município.

A declaração de Miranda foi feita na última segunda-feira (18) a um grupo de sindicatos que fazia protesto em frente à prefeitura da cidade.

De acordo com o gestor, o Estado não teria feito repasse à prefeitura para fosse feito o pagamento do bônus para os agentes comunitários de Saúde e de Endemias.

Miranda chegou a sugerir que o governador Pedro Taques (PSDB) em uma propaganda do PSDB na TV não teria dito a verdade ao afirmar que o Estado havia feito repasses para Várzea Grande.

“Eu já vi o Pedro Taques no programa do PSDB dizendo que passou o dinheiro do programa da Saúde e não chegou”, disse Miranda.

Mas nota da Secretaria de Saúde de MT coloca em xeque a declaração de Miranda.

Segundo a assessoria da Ses, o Governo “efetuou em março o repasse para o fundo municipal de saúde de Várzea Grande, referente a bonificação dos agentes comunitários de saúde (ACS) e de endemias (ACE). O valor repassado de forma integral, referente a 4 meses de bonificação.

Sendo assim, o município recebeu o montante de R$ 139.200,00 por 174 ACS e R$ 104.800,00 por 131 ACE.

Como o recurso foi para o fundo municipal, os agentes são contratados pelo município e a gestão dele é plena, cabe a gestão municipal realizar o pagamento”, diz a nota encaminhada ao Mato Grosso Mais.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *