DURANTE TREINAMENTO

Oficial do Exército de Mato Grosso morre após ser atropelado por um trem de ferro

O segundo tenente do Exército, André Cezar Gonçalves, morreu em um treinamento realizado em Mangaratiba, interior do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira (22).

O militar servia no 2º Batalhão de Fronteira de Cáceres, em Mato Grosso.

De acordo com a reportagem do jornal Folha de São Paulo, Gonçalves e mais dois oficiais participavam de um treinamento do Exército em uma área próxima a uma linha de trem quando  foram atingidos por um dos vagões.

A instrução fazia parte do Plano de Disciplinas do Curso de Ações e Comandos.

Segundo a reportagem, os militares não detalharam a dinâmica do acidente, que está sob investigação.

Um IPM (inquérito policial militar) foi aberto para apurar as causas do acidente.

A reportagem apurou que os três oficiais teriam sido atingidos por um trem que passava pelo local do treinamento.

O incidente aconteceu por volta das 5h de ontem.

Os militares foram socorridos com auxílio de um helicóptero e atendidos no Hospital Central do Exército, em Benfica, ainda no Rio de Janeiro.

De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), o segundo tenente Filipe de Jesus Santos, do 61º Batalhão de Infantaria de Selva, do Acre, sofreu ferimento grave em uma das mãos e passou por cirurgia.

O segundo tenente Glauber Weber Ferreira dos Reis, que serve no 1º Batalhão de Infantaria de Selva Aeromóvel, em Manaus, teve corte superficial na cabeça e passa bem.

De acordo com o CML, o Exército está prestando todo apoio aos familiares.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *