https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/10/FAGUNDES.jpg

QUEDA DE DILMA

Para escapar do massacre na internet, Fagundes muda o voto sobre o impeachment

Um levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo mostra que o placar do impeachment no Senado Federal está: 50 a favor – 20 contra – 7 não declaram – 2 não responderam – 1 não vota.

De Mato Grosso, todos os senadores votam a favor.

O que mais chama a atenção é o voto do senador Wellington Fagunes (PR), que antes era contrário ao impeachment.

Em um outro levantamento do jornal, Fagundes não havia declarado o voto.

Já os senadores Blairo Maggi (PR) e José de Medeiros (PSD) votam a favor da saída de Dilma Rousseff da presidência da República.

No domingo passado, o presidente nacional do PR, deputado federal Alfredo Nascimento (PR), renunciou ao cargo da presidência da Legenda para votar favorável ao impeachment.

A atitude do líder dos Republicanos pode ter de alguma forma influenciado o voto dos outros membros, inclusive de Fagundes.

Nas mídias sociais, Wellington já vinha sendo pressionado para votar pelo afastamento de Dilma.

A pressão dos internautas sugeriria que Fagundes teria o mesmo massacre sofrido pelo deputado federal Valtenir Pereira (PMDB).

Pereira desde que anunciou que estava indeciso na votação da Comissão Especial do Impeachment na Câmara dos Deputados não teve vida fácil.

Nessa votação, Valtenir votou contra e também manteve o voto no Plenário da Câmara.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *