https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/cpi-dos-incentivos-fiscais.jpg

INCENTIVOS FISCAIS

Deputado revela rombo e existência de quadrilha saqueando cofres do Estado

Assessoria

Zé Carlos do Pátio é escolhido como relator do Plano Plurianual. Foto: Assessoria

Após o depoimento do sócio da empresa Miragrãos, Aldevino Aparecido Bissoli, na oitiva desta terça-feira (26), da CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal, o presidente da comissão, o deputado Estadual, José Carlos do Pátio (SD), afirmou que o rombo no fisco do Estado é muito maior do que já foi divulgado.

Segundo o presidente da CPI, as duas empresas que estão em nome do empresário sonegaram em torno de R$ 120 milhões.

Além disso, há suspeita que outras duas empresas de Aldevino, localizadas em Primavera do Leste e Lucas do Rio Verde, também tenham participado da fraude.

“Ele (Aldevino) entrou várias vezes em contradições durante a oitiva e, realmente deixou os membros da CPI muito preocupados. Alguns momentos da reunião foram muito tensos”, comentou o deputado, sobre o depoimento do empresário que aconteceu a portas fechadas.

O ESQUEMA

O deputado também destacou que as investigações mostram que existem várias empresas que integram uma quadrilha especializada em fraudar o fisco do Estado.

De acordo com o parlamentar, esse ‘grupo’ é ligado às empresas de Soja, que as usam como ‘mula’ para cometerem a respectiva fraude. “Por conta desse esquema, essas empresas de Soja acabam não se envolvendo na fraude, deixando todos os ‘desgastes’ para as empresas ‘mulas’ assumirem”, explicou.

Ainda de acordo com o parlamentar, a CPI vai continuar trabalhando para combater toda a sonegação do fisco, no Estado. “Temos que mudar esse cenário de que Mato Grosso é considerado o maior produtor de soja, de rebanho bovino, algodão, mas tem o pior índice social. Sendo um Estado que não arrecada tudo aquilo que produz”, destacou.

NOVA REUNIÃO

Na próxima oitiva da CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal, marcada para o dia 10 de maio, o proprietário da empresa JBS, Wesley Batista, é quem irá depor.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *