SOLTO EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Empresário tem prisão decretada após ser acusado de se aproximar de médica

Acusado de espancar a médica C. C. T. C., de 29 anos, o empresário M. C. M. teve a prisão preventiva decretada.

De acordo com a decisão do juiz Jamilson Haddad Campos, da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, o homem descumpriu as determinações judiciais.

A prisão foi decretada ontem (27), com base no depoimento da médica ao Ministério Público Estadual.

A vítima relatou que ainda sente medo do marido e que vem sendo difamada para amigos em comum.

Na decisão é relatado também que o botão do pânico cedido pela justiça vem sendo constantemente disparado.

O acusado foi preso em flagrante na madrugada do dia 27 após espancar a sua esposa que teve uma fratura no nariz e teve um dos tímpanos perfurados devido as agressões que começaram na garagem do prédio e terminou no apartamento do casal, sendo presenciada pela filha da médica.

A Polícia Militar foi acionada por testemunhas e o empresário foi preso dentro do apartamento.

Conduzido até a 2ª Delegacia do Carumbé, o homem que estava com sinais de embriaguez foi autuado pelo crime de lesão corporal e encaminhado a uma audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.

Na audiência, o empresário que não tinha antecedentes criminais acabou sendo liberado para responder o processo em liberdade tendo que cumprir as determinações de se manter distante pelo menos mil metros da esposa e de sua filha, que teriam o acesso a um botão do pânico.

Ainda durante a audiência, o juiz Marcos Faleiros entrou em contato com a vítima que estava recebendo atendimento médico em um hospital particular e ouviu dela que esta era a primeira vez que havia sido agredida e que ele provavelmente teve um surto ao agredi-la. Com FolhaMax

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *