EFEITO RÊMORA

Após operação do Gaeco, Taques anuncia força-tarefa para “checar” contratos da Educação

O governador Pedro Taques (PSDB) determinou que os contratos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) passem por uma “checagem” pela Procuradoria e Controladoria Geral do Estado.

A pasta foi alvo da Operação Rêmora, deflagrada pelo Gaeco na terça-feira (3), para investigar um suposto esquema de fraudes em obras da Seduc. No mesmo dia, o secretário Permínio Pinto (PSDB) pediu exoneração.

Os casos suspeitos ocorreram em 23 licitações de obras de construção e reforma de escolas públicas em diversas cidades do Estado, num montante orçado em R$ 56 milhões. Com Midianews

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *