IMPEACHMENT DA PRESIDENTE

Interesse para ser ministro de Temer faz Blairo agir como coveiro de Dilma

O senador Blairo Maggi (PR) foi duramente criticado pelo jornalista Josias de Souza, que chamou o parlamentar de ‘coveiro’.

Blairo usou as mídias sociais neste sábado para dizer que aceitou o convite para ser ministro da Agricultura pelo PP.

Blairo ainda é republicano e um dos principais apoiadores das campanhas eleitorais da presidente Dilma Rousseff.

VEJA A NOTA PUBLICADA POR JOSIAS DE SOUZA:

Há na morte anunciada do governo Dilma Rousseff um inusitado toque burlesco, que humilha o cadáver e compromete o velório.

A quatro dias do enterro da gestão petista, o senador Blairo Maggi (PR-MT) trombeteou no Twitter que foi convidado e aceitou ser ministro da Agricultura de Michel Temer.

Repetindo: o caixão da administração Dilma só chegará ao cemitério do plenário do Senado na quarta-feira (11).

Mas um dos senadores que ajudarão a atirar na cova a última pá de cal já informa que será ministro do hipotético governo do ainda vice-presidente Michel Temer. É como se Blairo quisesse saltar o crepúsculo e, sem mais demora, entrar no porvir.

“Fui convidado pelo Partido Progressista pra assumir o Ministério da Agricultura”, anotou Blairo, que é filiado ao Partido da República. “Aceitei, falta oficialização do futuro presidente Michel Temer”.

Recapitulando: o sujeito é filiado ao PR, partido do mensalão, e quem o convida é o PP, sócio-atleta do petrolão.

Para virar ministro, pulou a cerca da infidelidade partidária. E cabe ao “futuro presidente” apenas providenciar a “oficialização”.

Quer dizer: a presidência de Temer ainda nem veio à luz e já tem gente lhe usurpando as prerrogativas, como se quisesse lhe enviar fúnebres coroas de flores.

“Agradeço a Deus e peço a Ele que me abençoe nessa missão que devo assumir no Ministério da Agricultura”, prosseguiu Blairo, dando a entender que o Altíssimo está em toda parte, mas já desistiu de acudir Dilma no Palácio da Alvorada.

Blairo, um ex-aliado de todos os governos petistas, anotou que aceitou assumir o Ministério da Agricultura de Temer em nome do seu Mato Grosso, “Estado do agronegócio”, e “em homenagem” ao seu falecido pai, “que se aqui estivesse ficaria muito feliz.”

Para Dilma, não resta senão cuidar dos minutos, porque as horas passam. Para seus coveiros, as horas mais preciosas são as mais rápidas. Como demoram as outras!

Veja Mais

2 comentários em “Interesse para ser ministro de Temer faz Blairo agir como coveiro de Dilma”

  1. Josias de Souza se da muita importância, não é mesmo? Um grande bosta, tecedor de intrigas…

  2. Josias de Souza se da muita importância, não é mesmo? Um grande bosta, devedor de intrigas…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *