FIM DO IMPASSE?

Vinte e um dias após greve dos médicos, Mauro Mendes se reúne com sindicato

Vinte e um dias após a suspensão da greve dos médicos, a Prefeitura de Cuiabá decidiu que vai sentar com a categoria para negociar.

A reunião está marcada para hoje (17), às 14h30, na sede da Procuradoria Geral do Município (PGM).

O encontro era uma promessa do prefeito Mauro Mendes, de que só conversaria com os profissionais após o fim da paralisação.

A principal reivindicação dos profissionais é a melhoria das condições de trabalho. “Não tem equipamentos para fazer exames, não há medicamentos nas farmácias das unidades, não tem médicos suficientes para atender a população, em algumas policlínicas falta água nas torneiras para lavar as mãos. Luva, agulha e máscara então, nem se fala. As condições são péssimas”, revelou a presidente do Sindimed-MT, Eliana Siqueira.

Além disso, os profissionais pedem que sejam implantados relógios de ponto nas unidades com o fornecimento da contraprova, a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) e o piso estabelecido pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam), que é de R$ 12,9 mil. Atualmente, os profissionais concursados recebem cerca de R$ 3,8 mil e os contratados aproximadamente R$ 2,7 mil.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *