https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/03/nininho.jpg

"O TREM NÃO ANDA, C...."

“Maldita hora que fizemos isso”, diz primeiro-secretário sobre aquisição de 150 ambulâncias

Divulgação

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, estava revoltado na tribuna da Casa de Leis, na manhã desta quinta-feira (19).

Nininho alegou que a ALMT devolveu em março de 2015, em torno de R$ 20 milhões ao Governo do Estado para aquisição de 150 ambulâncias que seriam distribuídas aos municípios.

Até hoje, a licitação para a compra das ambulâncias não foi concluída, e Nininho não perdoou a situação.

“Maldita hora que nós fizemos isso. Eu como um dos mentores dessa devolução, sou cobrado todos os dias pelos colegas deputados e mais diversos prefeitos. Em abril deste ano era pra estar entregando. Eu já falei, eu não falo mais sobre este assunto”, comentou.

O deputado chegou a usar palavrões durante a sua fala por causa da forma como o governo do Estado está sendo conduzido.

Ele criticou os serviços que estão sendo realizados pelo Detran e disse que no sul de Mato Grosso várias pessoas estão indo para outros Estados para fazer emplacamento dos veículos. “O trem não anda c…”, disse.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *