https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/gilmar-mendes.jpg

PIRES NAS MÃOS

Gilmar Mendes encontra Temer para pedir R$ 250 mi para eleições municipais

Divulgação

O ministro Gilmar Mendes, membro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral,  pediu que o presidente interino, Michel Temer (PMDB), destine R$ 250 milhões do orçamento às eleições municipais de 2016. Para o ministro, o orçamento atual impossibilita o pleito.

O presidente do TSE encontrou com Temer no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-presidência, na noite desse sábado (28/5), como mostrou oJornal Nacional, da TV Globo. Gilmar Mendes chegou ao local em veículo particular.

Em 2015, o então presidente do TSE, Dias Toffoli, já havia afirmado que o contingenciamento de R$ 428,7 milhões previstos no orçamento da corte inviabilizava o uso de urnas eletrônicas nas eleições de 2016.

Na ocasião, o ministro disse que a falta de dinheiro em caixa prejudicaria a aquisição e a manutenção de equipamentos necessários para a execução do pleito do próximo ano, atrapalhando, inclusive, licitação já em andamento.

Por isso, algumas regiões teriam que recorrer ao velho sistema de cédulas de papel, ressaltou Toffoli.

Gilmar Mendes é relator no TSE do processo que analisa as contas da campanha da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) e de Temer em 2014.

Se a corte entender que os candidatos receberam recursos ilícitos ou cometeram outras irregularidades, pode cassar o mandato de ambos, o que geraria novas eleições diretas (se isso ocorresse atém o fim de 2016) ou indiretas (se acontecesse a partir de 2017).

Além disso, o ministro assume nessa terça-feira (31/5) a presidência da 2ª Turma do STF, que cuida dos inquéritos e processos da operação “lava jato” que envolvem autoridades com foro por prerrogativa de função.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *