https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/POLÍCIA-MILITAR.jpg

TENSÃO NO CENTRO

Após fazer 10 funcionários reféns, bandidão quer presença da mamãe para se entregar

Divulgação

Governo do Estado convoca mais 1.340 candidatos do concurso. Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (31.05), na Avenida Rubens de Mendonça, a ação rápida de policiais militares evitou um assalto, liberou os reféns e prendeu em flagrante o assaltante.

O assalto ocorreu em uma empresa de consultoria de recursos humanos quando a PM foi acionada pelo 190, por uma pessoa que estava nas proximidades e suspeitou de uma movimentação estranha no prédio.

Quando a primeira equipe da PM chegou ao local, o acusado R. J. D. da S., de 21 anos, já havia recolhido diversos notebooks, joias, sete aparelhos celulares e dinheiro, em torno de R$ 100. Os reféns, cerca de dez funcionários, estavam rendidos em uma sala.

Ao perceber a presença dos policiais, o assaltante usou as vítimas como escudo.

Logo depois chegou a primeira equipe da Rotam.

O sargento Elizeu Nascimento relatou que o suspeito exigia a presença da mãe para se render.

O assaltante tentou falar pelo celular com a mãe, porém não conseguiu.

Oito policiais da Rotam entraram no prédio.

Protegidas por escudos, as equipes se posicionaram em uma ponta do corredor principal e negociaram a rendição do assaltante, enquanto o acusado e as vítimas permaneciam na outra extremidade.

Os policiais o convenceram de que estavam ali para proteger a vida deles e dos reféns, explicou o sargento Elizeu.

Após a negociação, a PM conduziu o suspeito à Central de Flagrantes da Polícia Civil, no bairro Planalto, na capital.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *