SOB SIGILO

Coletiva da Polícia Federal sobre a 11ª fase da Operação Ararath ‘irrita’ jornalistas

Jornalistas que cobriram a coletiva da 11ª fase da Operação Ararath, na tarde desta quinta-feira (2), na sede da Polícia Federal, em Cuiabá, ficaram até certo ponto irritados com as informações limitadas reveladas pelo delegado responsável pela investigação, Wilson Rodrigues de Souza Filho.

Ele disse que não poderia revelar os nomes e nem as empresas que foram alvos da Operação para que a investigação, ainda em curso, não fosse prejudicada.

Mesmo diante dessa situação, outras perguntas feitas pelos jornalistas tinham suas respostas ‘prejudicadas’, sempre com a postura de que não era possível revelar dados porque as investigações estão sob sigilo.

Mesmo diante das dificuldades em entender os crimes praticados por essa organização criminosa, a Polícia Federal é uma das poucas Instituições no país que ainda merecem o respeito da sociedade.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *