https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/POLÍCIA-MILITAR.jpg

DESTINO BOLÍVIA

Bandidos aterrorizam, mantêm 3 reféns e roubam carreta em Mato Grosso

Divulgação

Governo do Estado convoca mais 1.340 candidatos do concurso. Foto: Divulgação

Mais uma ação de bandidos resultou no roubo de um caminhão Scania G420A na madrugada do último fim de semana, em uma residência localizada no bairro Jardim das Palmeiras, em Campo Novo do Parecis, interior de Mato Grosso.

Quatro bandidos armados invadiram a casa por volta das 23h30 de sábado (04), e renderam três homens. As vítimas foram amarradas e amordaçadas.

Dois dos bandidos pegaram as chaves da Scania e saíram do local por volta das 23h50.

Os outros dois ficaram na casa mantendo o dono da carreta, o caminhoneiro e um amigo deles reféns.

Os dois bandidos que ficaram na residência receberam ordens para liberar as três vítimas só após conseguirem atravessar a fronteira com a Bolívia.

Por volta das 04h da manhã de domingo (05), os bandidos trancaram a porta da residência e deixaram as três vítimas amarradas, até que conseguiram se soltar e pedir ajuda por volta das 05h da manhã.

Uma das testemunhas relatou ainda que um dos bandidos disse que “iriam descansar dois dias após o roubo para praticarem outro”.

Veículo recuperado

Policiais militares do Grupo Especial de Segurança de Fronteira, recuperaram o caminhão Scania de cor branca, durante patrulhamento na rodovia MT-265, município de Porto Esperidião.

A equipe volante do Gefron realizava o patrulhamento na rodovia MT-265, município de Porto Esperidião, quando avistaram uma caminhão na beira da estrada.

O caminhão estava com a chaves no contato e as portas abertas, foi realizada então checagem via base Gefron e foi contatado tratar se de Produto de roubo no município de Campo Novo do Parecis.

Ainda foram realizadas buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

O caminhão foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil de Porto Esperidião.

As vítimas não reconheceram nenhum dos suspeitos de praticar o crime. Eles continuam foragidos. Com Parecis.Net

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *