OPERAÇÃO IMPERADOR

Deputado Federal de Mato Grosso será ouvido por Justiça sobre desvios na Assembleia Legislativa

A juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma Rosane Arruda, determinou no dia 30 de maio o envio de uma carta precatória a Brasília para o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) prestar depoimento na ação penal relacionada a “Operação Imperador”.

As investigações apontam um suposto desvio de R$ 62 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa por meio de fraude na aquisição de material de expediente.

O parlamentar foi arrolado como testemunha de defesa pelo ex-deputado estadual José Riva (sem partido), que comandou o poder por cerca de 20 anos se revezando como primeiro-secretário e presidente.

Riva é apontado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) como o mentor e principal beneficiado do desvio milionário. Com informações do Folhamax

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *