https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/PF2.jpg

FORA DE CIRCULAÇÃO

Funcionário dos Correios é preso pela PF por desviar correspondências

Mato Grosso Mais

A Polícia Federal prendeu na última segunda-feira (13) dois homens pela suspeita de receptação de cartões bancários desviados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

As prisões ocorreram em Cuiabá (MT).

Um dos presos é funcionário da empresa estatal.

As investigações apontam que ele atuava dentro do centro de distribuição, aproveitando-se da função para desviar correspondências contendo os cartões.

O funcionário teria acumulado dezenas deles e posteriormente os remetido em forma de encomenda a um destinatário residente na região do Distrito Industrial, em Cuiabá.

Os policiais chegaram até os suspeitos por meio de informação da segurança do Centro de Distribuição dos Correios, que alertou a Polícia Federal sobre uma encomenda com conteúdo suspeito.

Em visita à empresa, os policiais verificaram no sistema de rastreamento que o código da etiqueta da encomenda já havia sido utilizado em outras duas ocasiões, aumentando as suspeitas de que a encomenda seria produto de crime.

Os policiais decidiram então acompanhar a entrega do pacote, no intuito de abordar o receptador no momento do recebimento.

No momento da entrega, o homem percebeu a presença dos agentes e recusou-se a receber o produto.

O entregador saiu da residência, sendo abordado logo em seguida por um outro homem que pediu que a encomenda fosse entregue a ele.

Diante da abordagem suspeita, os policiais aproximaram-se, pedindo a identificação do homem e a entrega do pacote.

Os policiais encontraram na caixa cerca de 140 cartões bancários do Banco do Brasil.

O homem admitiu que havia sido procurado por um conhecido, residente no endereço investigado.

Disse que o amigo pediu a ele que procurasse o entregador dos Correios e que recebesse uma encomenda, como um favor prestado.

Disse não saber que dentro da caixa havia qualquer coisa ilegal.

Diante das suspeitas, o homem foi preso em flagrante pela posse da encomenda, sendo encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal em Cuiabá.

Uma equipe policial deslocou-se novamente à residência do destinatário, porém, o mesmo já não estava mais no local.

A polícia está à procura do suspeito.

Uma outra equipe prendeu o funcionário dos Correios, sendo ele encaminhado em seguida para a sede da PF para interrogatório.

Os dois homens foram ouvidos pela autoridade policial e indiciados pelos crimes de peculato e receptação.

Após, os presos seguiram para o Centro de Ressocialização de Cuiabá, onde ficarão à disposição da Justiça.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *